,

Susaf/ES - Reconhecimento da equivalência dos serviços de inspeção dos municípios

PARCIALMENTE DIGITAL
Atualizado em: 16/09/2021 11:33:00
Órgão Responsável: IDAF - Instituto de Defesa Agropecuária e Florestal
Reconhecimento, pelo Estado, da equivalência entre os serviços de inspeção municipal (SIM) e estadual (Serviço de Inspeção Agroindustrial de Pequeno Porte – Siapp) para a adesão ao Sistema Unificado Estadual de Sanidade Agroindustrial Familiar de Pequeno Porte (Susaf/ES).
Gerência de Agroindústria de Pequeno Porte (Geapp)
geapp@idaf.es.gov.br
(27) 3636-3829
https://idaf.es.gov.br/susaf
  • Órgão público municipal e Consórcio público de municípios
  • Órgão público municipal e Consórcio público de municípios
  • - Para solicitar auditoria prévia, o município deve possuir Serviço de Inspeção Oficial instituído.
    - Para solicitar auditoria de reconhecimento de equivalência, o município deve possuir Serviço de Inspeção Oficial instituído e atuante.
    O reconhecimento da equivalência é ofertado aos municípios ou consórcio de municípios da seguinte forma:
    - Auditoria prévia (não obrigatória para a adesão)
    De caráter orientativo, visa auxiliar na construção dos planos de trabalho, verificar a documentação necessária para adesão ao Sistema e instruir o serviço de inspeção municipal para a adequação de procedimentos, quando for o caso. A auditoria prévia é facultada ao município durante o processo de reconhecimento de equivalência.
    - O município formaliza solicitação de auditoria prévia, via e-Docs, encaminhando os documentos necessários para atendimento do pleito (vide item “Documentos necessários”). No e-Docs, a documentação deve ser encaminhada para “Protocolo – Idaf”, na seção “grupos e comissões”.
    - A auditoria prévia será agendada pelo Siapp após análise dos documentos apresentados, sendo a data definida de comum acordo com o Serviço de Inspeção solicitante. Nesta etapa, o SIM passará por avaliações documental e operacional, em sua sede, sendo a ele facultada visita orientativa a estabelecimento(s) registrado no SIM.
    - Após realização da auditoria prévia, o Siapp emitirá relatório de auditoria, cuja entrega ao interessado ocorrerá por meio do e-Docs, sendo facultado o atendimento presencial para esclarecimento de dúvidas e demais orientações que se fizerem necessárias.
    Auditoria de reconhecimento de equivalência (obrigatória para a adesão)
    Consiste nas avaliações documental e operacional realizadas pelo Serviço de Inspeção coordenador nos Serviços de Inspeção solicitantes, a fim de averiguar se estão aptos a aderir ao sistema.
    - O município formaliza solicitação de auditoria de reconhecimento de equivalência, via e-Docs, encaminhando os documentos necessários para atendimento do pleito (vide item “Documentos necessários”). No e-Docs, a documentação deve ser encaminhada para “Protocolo – Idaf”, na seção “grupos e comissões”.
    - A auditoria de reconhecimento de equivalência será agendada pelo Serviço de Inspeção coordenador após análise dos documentos apresentados, sendo a data definida de comum acordo com o Serviço de Inspeção solicitante. Nesta etapa, o SIM passará, obrigatoriamente, por avaliações documental e operacional, em sua sede e no(s) estabelecimento(s) por ele indicado(s);
    - Após realização da auditoria de reconhecimento de equivalência, o Serviço de Inspeção coordenador emitirá relatório de auditoria, cuja entrega ao interessado ocorrerá por meio do e-Docs, sendo facultado o atendimento presencial para esclarecimento de dúvidas e demais orientações que se fizerem necessárias.
    - Em caso de parecer desfavorável, diante do relatório de auditoria contendo as orientações do Serviço de Inspeção coordenador, o município, por meio do SIM, deverá providenciar os ajustes das restrições/não conformidades e, após, solicitar nova auditoria de reconhecimento de equivalência. Em caso de parecer favorável mediante atendimento de condicionante(s), o município, por meio do SIM, deve comprovar o atendimento da(s) condicionante(s), no prazo estabelecido no relatório emitido pelo Siapp, para obter o reconhecimento da equivalência. Em caso de parecer favorável, o Serviço de Inspeção coordenador providenciará a publicação do reconhecimento da equivalência no Diário Oficial do Estado (DIO-ES), por meio de ato emitido pelo diretor-presidente do Idaf.
    - Após a publicação do ato no DIO-ES, o Serviço de Inspeção do município estará apto para incluir estabelecimentos no sistema, seguindo os procedimentos específicos para a inclusão de estabelecimentos no Susaf/ES.
    Órgão público municipal e Consórcio público de municípios
    • Documentação

      - Auditoria prévia:
      - Ofício direcionado à Subgerência de Desenvolvimento Agroindustrial, solicitando auditoria prévia no SIM, com o objetivo de aderir ao Susaf/ES;
      - Legislação municipal (leis, decretos, dentre outros regulamentos relacionados ao SIM); e
      - Programa de Trabalho de Inspeção e Fiscalização (caso o SIM disponha do documento).
      - Auditoria de reconhecimento de equivalência:
      - Ofício direcionado à Subgerência de Desenvolvimento Agroindustrial, solicitando auditoria de reconhecimento de equivalência no SIM para adesão ao Susaf/ES;
      - Legislação municipal (leis, decretos, dentre outros regulamentos relacionados ao SIM);
      - Programa de Trabalho de Inspeção e Fiscalização, constando todos os itens descritos no art. 12, § 1º, do Decreto Estadual nº 4.308/2018; e
      - Indicação de estabelecimento(s) que propõe integrar o sistema.

    O serviço é gratuito

    • Observação: - O atendimento é realizado, exclusivamente, via e-Docs - Os documentos emitidos pela SDAG serão encaminhados, via e-Docs, ao secretário de Agricultura do município solicitante, que poderá ser representado pelo coordenador do SIM. - O reconhecimento da equivalência ocorrerá por meio de publicação no Diário Oficial do Estado.

    Esta informação foi útil para você?

    Você pode fazer uma manifestação de Ouvidoria

    Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Informação